22 de março de 2015

Sou contra Racismo

No último 21 de março, é "comemorado" o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial.
Pra começar, digo desde já que essa data não deveria existir pois reforça ainda mais quão forte ainda é a discriminação racial a nível mundial.
O que é ser negro pra você?
Para mim, quebrando o ensinamento dado nas minhas aulas de Educação Artística, preto é a união de todas as cores. Logo, uma pessoa negra pra mim é essa representação, a união de todos os tons de pele. Confesso que o termo "raça" também me incomoda. Parece estar se tratando de um animal...
Discriminação, tem como significado mais comum relação com alguma espécie de discriminação sociológica de forma negativa, seja ela social, racial, religiosa, sexual, política, todas levando a uma exclusão na sociedade.
Queria ver todos sem pensamentos e atitudes racistas como num passo de mágica mas quanto mais o mundo evolui, vejo mais as mentes se fechando e o tal modernismo sendo da boca pra fora. Espero por esse dia 21 numa vez que eu possa realmente comemorar algo com isso, até então não tem motivos (hoje) ser lembrado se uma luta antiga tão árdua teve tanta tragédia pra dar direitos humanos que apenas brancos tinham, hoje não serve ainda de lição, lembrança, exemplo de que a luta valeu a pena.
E o que é ser branco?
Será preciso tantas outras tragédias ainda de discriminação pra acabar o dito racismo?
Que diferença no caráter tem uma cor?
E se você pensa que porque é branco, tem mais vantagens do que um negro, repare que já é preconceito. Daí pro racismo, não digo nem que seja um pulo e sim num piscar de olhos. E aos negros, o mesmo recado que dei aos brancos, o contrário também é considerado preconceito e/ou racismo. Esse papo de "eu sou da mesma cor e posso falar" deve acabar.
Refletir não custa, cor não significa nada. Atitudes sim. Haja diferente!
Eu levanto completamente a bandeira de igualdade entre todos.